Assistência Técnica e Extensão Rural



As ações desenvolvidas pela EMPAER-MT, tem como objetivo contribuir para o fortalecimento da agricultura familiar, assegurando os serviços de ATER aos produtores de economia familiar, através da captação, adaptação e difusão de informações e conhecimentos técnicos, baseados em sistemas adequados de produção que propicie um desenvolvimento sustentável da pequena produção, gerando um ambiente conservado com produção diversificada, integrada e competitiva, mantendo a mão-de-obra familiar qualificada e ocupada viabilizando o acesso deste segmento ao crédito rural, como forma de dinamizar e consolidar o processo de crescimento da renda e da melhoria das condições de vida do produtor e sua família.

A EMPAER-MT, uma empresa do Governo vinculada a SAAF, caracteriza-se como um dos principais instrumentos que o Governo dispõe para viabilizar e incentivar a agricultura familiar, e por esta razão para o cumprimento de seus objetivos, focalizou a sua atuação no decorrer de 2001, na priorização e fortalecimento da pequena produção, fato este melhor caracterizado pelos registros a seguir. As ações de Pesquisa Agropecuária Florestal da EMPAER-MT, desenvolvidas no exercício de 2001, tiveram por objetivo atender as demandas da agropecuária e da sociedade mato-grossense como um todo, as quais a cada ano exigem tecnologias modernas, necessárias ao desenvolvimento econômico e social, observados os aspectos de produção, finalidade e rentabilidade das explorações e sustentabilidade dos ecossistemas. As ações de pesquisa, abrangeram todo o Estado de Mato Grosso, onde foram conduzidos 06 programas de pesquisa. Os quais contemplaram 36 (trinta e seis) projetos com instalação de 148 (cento e quarenta e oito) experimentos em 29 (vinte e nove) municípios mato-grossense, utilizando como base física os Campos Experimentais da Empresa (10), o Centro Regional de Pesquisa (01) e em áreas de particulares.

A difusão de tecnologias para técnicos e produtores foi efetivada através de publicações, palestras técnicas e da realização de 10 (dez) dias de campo nos municípios de Cuiabá, Alta Floresta, Guarantã do Norte, Arenápolis, Pedra Preta, Rondonópolis, Colider, Glória D'Oeste e Novo Mundo.

Neste período, foram recomendadas 06 (seis) novas cultivares, sendo 03 (três) de milho (Pow 8550, dow 657, e P30 K75), 02 (duas) de algodão (Itaúba, recomendada para a agricultura familiar e Aroreira, recomendada para agricultura de cerrado) e 01 (uma) de arroz (CNA 8540-Soberana).

Com o objetivo de fazer um monitoramento das variáveis climatológicas no Estado e, visando proporcionar melhor aproveitamento das condições naturais do clima para a agricultura e pecuária na região de abrangência das estações, foram mantidas em operacionalização 15 (quinze) estações agrometeorológicas automáticas e 03 (três) estações agrometeorológicas convencionais, instaladas em condições geográficas estratégicas de 18 (dezoito) municípios do estado.

O Núcleo de Laboratórios de solos, fitopatologia, adubos e corretivos, nutrição animal e vegetal e controle biológico, realizou no período, um total de 12.892 (doze mil oitocentos e noventa e duas) análises laboratoriais para atendendimento de produtores rurais e dos trabalhos de pesquisa.

Objetivando levar aos pequenos produtores incentivo ao melhoramento e diversificação de atividades rurais, refletindo em aumento da renda familiar, a EMPAER-MT, através dos Campos de Produção de Cáceres e Rosário Oeste, no período, produziu 83.256 mudas diversas (espécies frutíferas, ornamentais, culturas perenes e florestais nativas) e no Campo de Produção de Nossa Senhora do Livramento, foram produzidos 498.471 alevinos e 1.248 reprodutores suínos.



ATUAÇÃO DA EMPAER-MT
128 Escritórios Locais.
6 Escritórios Regionais.
1 Escritório Central.
1 Laboratório de Análises.
3 Centros de Pesquisa.
Devemos atender a 50.000 produtores rurais em 2.002.

EXTENSIONISTA RURAL
Atribuições específicas

Apoiar as ações para o desenvolvimento rural sustentado;